Público impede prisão de artista abordado por PMs em festival artístico no Paraná

Photo of Público impede prisão de artista abordado por PMs em festival artístico no Paraná
Facebook
VKontakte
share_fav

No dia 15 de outubro, durante o encerramento do 15º Festival de Dança de Londrina, um cordão de isolamento feito pro cerca de 100 espectadores impediu que a Polícia Militar interrompesse a peça DNA de Dan, do artista Maikon K.

O artista já havia sido preso em março de 2017 por se apresentar nu coberto com um 'gel viscoso' dentro de uma bolha transparente de sete metros no SESC de Brasília. Em Londrina, a Polícia Militar chegou ao palco flutuante do lago Igapó após denúncias de pessoas que estavam no parque.

"Várias pessoas que estiveram no local se sentiram incomodadas com a presença de uma pessoa que estava nua e fizeram a reclamação", justifica a soldada Andressa da comunicação social do 5º Batalhão de Londrina. Os PMs, então, questionaram quem seria o responsável pela performance quando o público se mobilizou colocando-se à frente de Maikon evitando a detenção do artista.

O coordenador do festival Renato Forim conta que foram espalhadas informações sobre a classificação etária da peça pelo parque. Segundo Forim, também haviam seguranças e produtores proibindo o acesso de menores desacompanhados ao palco flutuante, além de desvios capazes de evitar a aproximação de parte do público do palco. "Existia uma nudez artística e quem se sentisse agredido poderia desviar e não passar pela performance", explica Forim, que informou que a conversa entre a organização e a PM foi pacífica.

Os organizadores compareceram voluntariamente à delegacia, mas não houve nenhuma ocorrência registrada contra a organização do evento, nem contra o artista. Segundo os organizadores do festival, o vereador Felipe Barros (PRB-PR) compareceu à delegacia para protestar contra a peça. O político encaminhou ao senador Magno Malta (PR-ES) um que pede a investigação dos envolvidos pela CPI dos Maus-Tratos.

Siga a VICE Brasil no , Twitter e Instagram.

ver Vice Brasil
#paraná
#arte
#polícia militar
#nu artístico