Se a Selic está caindo, por que os juros do cartão de crédito continuam tão altos?

Photo of Se a Selic está caindo, por que os juros do cartão de crédito continuam tão altos?
Facebook
VKontakte
share_fav

O Governo de Michel Temer vem comemorando sucessivos anúncios do Banco Central de corte da taxa básica de juros da economia brasileira, a Selic. De 14,25% ao ano em outubro do ano passado, ela chegou a 8,25% em setembro deste ano e a expectativa é que termine 2017 na casa dos 7%. A taxa, entretanto, não representa exatamente a cobrada dos consumidores, que é muito mais alta. Enquanto a Selic despenca, as taxas de juros dos cartões de crédito e cheques especiais, por exemplo, se mantêm em três dígitos ao ano. Para se ter uma ideia, em agosto, a média dos juros do cartão de crédito rotativo - quando a pessoa paga apenas o mínimo da fatura - era de 397,4% ao ano. Isso significa que se uma pessoa deixa de pagar atualmente 500 reais da conta do cartão em um mês verá sua dívida chegar a quase 2.500 reais em um ano.

ver El País
#copom
#banco central do brasil
#banca
#serviços bancários
#créditos
#governo
#presidência brasil
#governo brasil
#bancos