Haddad: Delação mentirosa mexe mais com democracia que caixa dois

Photo of Haddad: Delação mentirosa mexe mais com democracia que caixa dois
Facebook
VKontakte
share_fav

Categoria:

Análise
Jornal GGN - "O Ministério Público diz: ‘Olha, caixa dois é um crime mais hediondo do que qualquer outro, porque mexe com a democracia’. Uma delação mentirosa mexe com a democracia muito mais!”, afirmou o ex-prefeito de São Paulo, Fernando Haddad em entrevista a Kennedy Alencar, no SBT Notícias.
Haddad tratou de temas polêmicos como a reforma da Previdência, o salário mínimo, dívida pública, a reformulação e autocrítica dentro do PT, o instituto da delação premiada, o teto para os gastos públicos por 20 anos congelados por Michel Temer, entre outros. Sobre este último, refletiu: "Como é que você vai tratar da retomada do crescimento econômico sem investimento público, num um país em desenvolvimento? Essa é a pergunta central. País em desenvolvimento depende de investimento público para crescer."
"Quando você congela os gastos por 20 anos, a pergunta que cabe é: o interesse corporativo vai falar mais ou menos alto que o interesse difuso, o interesse de todos? (...) Suponha que nós consigamos voltar a crescer como crescíamos no tempo do governo Lula, por exemplo. Crescemos 4% ao ano. Por que a despesa tem que ficar congelada 20 anos, se nós crescermos 4% ao ano?", agregou.
Imagens para texto

leia mais

ver Blog do Luis Nassif
#luis nassif online
#haddad
#acusações
#kennedy alencar
#análise
#autocrítica
#são paulo
#delação premiada