Juana, a mulher que tenta provar que está viva, pois descobriu que morreu

Photo of Juana, a mulher que tenta provar que está viva, pois descobriu que morreu
Facebook
VKontakte
share_fav

Juana Escudero Lezcano, uma mulher de 53 anos de Alcalá de Guadaíra (Sevilha), há sete anos enfrenta um calvário quando precisa realizar tarefas simples como renovar a carteira de habilitação ou ir ao médico porque, apesar de estar viva, consta como falecida em vários órgão públicos. A confusão começou quando uma mulher foi enterrada no cemitério de Málaga com dados exatamente iguais aos seus, incluindo nome, sobrenome e data de nascimento. Essa estranha coincidência faz instâncias como a Previdência Social cruzarem os dados e considerá-la falecida.

ver El País
#vítimas
#medicina
#servicios funerarios
#málaga
#cemitérios
#investigação judicial
#medicina forense
#casos por resolver
#andaluzia
#equipamento urbano
#exumações
#alcalá de guadaíra
#cadáveres
#provincia sevilla