Barroso comparou trabalhadores a imóveis para apontar desvantagens da proteção

Photo of Barroso comparou trabalhadores a imóveis para apontar desvantagens da proteção
Facebook
VKontakte
share_fav

Categoria:

Artigos

Foto: Felipe Sampaio/STF
Jornal GGN - Em palestra recente, o ministro Luis Roberto Barroso afirmou que o "excesso de proteção trabalhista muitas vezes desprotege", por gerar desemprego e formalidade, entendendo que a lógica de que "o empregado sempre tem razão estimula o comportamento incorreto". A comparação das legislações trabalhistas foi com a lógica do mercado imobiliário: uma legislação que protegeu menos locatários no Brasil aumentou a oferta de imóveis para aluguéis e o os preços caíram.
"Recentemente a Suprema Corte do Reino Unido decidiu pela ilegalidade da exigência de custas processuais para os trabalhadores reclamarem perante os tribunais, implementada pelo parlamento em 2013 por iniciativa do governo daquele país, que resultou na redução artificial e forçada de 70% no número de ações trabalhistas. Antes desse dispositivo, o acesso era gratuito", apontou o professor da UFRJ e procurador do trabalho no Rio, Rodrigo de Lacerda Carelli.

leia mais

ver Blog do Luis Nassif
#luis nassif online
#barroso
#ministro
#imóveis
#corte
#luís roberto barroso
#tribunal
#imobiliário
#suprema corte
#desvantagens
#artigos