Sai Eddy Cue, entra Craig Federighi: Siri agora tem um novo chefe para chamar de seu

Photo of Sai Eddy Cue, entra Craig Federighi: Siri agora tem um novo chefe para chamar de seu
Facebook
VKontakte
share_fav
Craig Federighi

A Siri é um serviço. E, por isso, desde a sua criação, estava sob o comando do vice-presidente sênior de softwares e serviços para internet da Apple, também conhecido como Eddy Cue. Agora pare e pense na complexidade que deve ser fazer a assistente virtual da Apple ser o que é. Pense em todas as integrações que ela precisa necessariamente ter com todos os sistemas operacionais da Apple (iOS, macOS, watchOS e tvOS) para ser uma assistente realmente útil. Veja bem, eu não estou menosprezando os outros serviços da companhia, mas ao meu ver é inegável que eles são algo muito mais limitados e menos abrangentes que a Siri.

Por que eu estou falando isso tudo? Pois hoje a Apple, através da sua página de liderança (a qual ganhou dois novos nomes) informou que Craig Federighi (chefão de software da Maçã) é agora o responsável pela Siri. Na prática, como o MacRumors bem falou, a Apple está simplesmente confirmando uma transição que, aparentemente, já aconteceu há muitos meses se levarmos em conta algumas entrevistas recentes e as aparições no palco dos eventos da Apple quando o assunto era a Siri. Em 2016, por exemplo, Federighi foi o executivo que conversou com John Gruber sobre a abertura da Siri para aplicativos de terceiros; na WWDC 2017, foi ele também quem apresentou as melhorias relacionadas à Siri. Ao meu ver, considerando todo o ecossistema que a Siri se insere, faz muito mais sentido ela estar sob os cuidados de Federighi do que de Cue.

Siri no iOS 11

Algo que não podemos deixar de comentar, contudo, é como Cue fica nessa história. Este é o segundo grande serviço que deixa de fazer parte do seu guarda-chuva — em dezembro de 2015, Phil Schiller passou a cuidar das App Stores, que também era uma responsabilidade de Cue. Agora, portando, o vice-presidente sênior de softwares e serviços para internet passa a chefiar “apenas” a iTunes Store, o Apple Music, o Apple Pay, o iCloud, os Mapas, os anúncios da App Store e os apps de produtividade e criatividade da Maçã.

As aspas fazem sentido, não é mesmo? Veja que Cue ainda comanda muita coisa na empresa, mas é inegável que ele perdeu dois dos serviços mais importantes para seus companheiros.

Além de uma possível reorganização estrutural por conta da natureza da Siri em si (conforme discorri acima): Cue pode estar bastante sobrecarregado com a nova empreitada da Apple no mercado de vídeos. Já está claro que a empresa deverá lançar em breve um serviço de streaming de vídeocom direito a bastante conteúdo original. Trata-se de algo chave para o sucesso da Apple TV e que está sendo cozinhado pela Apple internamente há bastante tempo.

Independentemente do motivo, que a Siri tenha na equipe de Federighi uma ótima evolução!

ver Mac Magazine
#siri
#chefe
#assistente
#craig federighi
#eddy cue
#troca
#comando
#vídeo