Ruínas institucionais e o auto-resgate de Lula, por Aldo Fornazieri

Facebook
VKontakte
share_fav

Categoria:

Artigos

Ruínas institucionais e o auto-resgate de Lula

por Aldo Fornazieri

O Brasil se assemelha a uma cidade em ruínas. Ruínas, não produzidas por uma guerra, por lutas bravias, mas causadas por um grupo de bandoleiros que assaltou a cidade diante de uma população perplexa, cabisbaixa, indefesa, sem que ninguém a defendesse. Os bandoleiros não se cansam de promover devastações, de destruir a moral, os códigos de conduta, as leis, os costumes, o bom senso, a dignidade. Aos poucos vão ficando apenas escombros do que era um país minimamente organizado, com uma Constituição funcionando, com um mínimo de respeito entre os poderes e com freios às ambições dos predadores.

Agora tudo ruiu. Depois que o Planalto foi assaltado por Temer e sua quadrilha parece não haver limites em nenhuma instituição, os bens públicos são saqueados à luz do dia e os bandoleiros exibem o produto do saque à população como forma de supremo escárnio. O Supremo Tribunal Federal não está somente acovardado, mas é constituído por covardes que, primeiro, aceitaram a violação da Constituição e, depois, aceitaram ser pisoteados e desmoralizados por Gilmar Mendes que, repita-se, é conselheiro de Temer e concedente ligeiro de habeas corpus a criminosos. Sim, o crime organizado está dentro do que resta das instituições.

leia mais

ver Blog do Luis Nassif
#luis nassif online
#área do colunista
#artigos
#auto-resgate
#reinvenção
#ruínas institucionais