10 recursos do Telegram que o WhatsApp deveria ter

Photo of 10 recursos do Telegram que o WhatsApp deveria ter
Facebook
VKontakte
share_fav

Showmetech

10 recursos do Telegram que o WhatsApp deveria ter

O mensageiro é repleto de recursos para rivalizar contra o WhatsApp, confira alguns dos mais bacanas

Conversar online é uma das maiores comodidades atuais. Quem aí já pensou, anos atrás, em receber broncas, conselhos e avisos de mãe via internet? Eu mesmo já recebi mensagens da minha me mandando acordar porque precisava fazer almoço – technology!

E enquanto eu escrevi essas frases anteriores, me deu muita vontade de escrever “WhatsApp” em todas. É a realidade: o WhatsApp é o novo MSN.

Entretanto, o MSN era repleto de recursos (apesar de que muitos eram inúteis). O MSN tinha stickers animados com áudio, emoticons próprios e customizáveis, gifs, jogos, temas, feed de notícias e até videochamada num tempo que a internet era muito, muito mais lenta.

Por outro lado, o WhatsApp vive no lema de “não se mexe em time que está ganhando”. Não é muito comum o aplicativo receber novos recursos, e muitos deles só foram inclusos depois da compra pelo Facebook. Essa lacuna é o foco do Telegram, o maior rival do WhatsApp.

Conheça agora 10 recursos legais do Telegram que o WhatsApp deveria ter e, quem sabe, dê uma chance ao azulzinho.

Mídia e conversa na nuvem

Foi procurar aquela foto no WhatsApp e encontrou um borrão que praticamente diz: “você nunca mais vai ter essa imagem”? Pois é, esse problema não é só com você. O WhatsApp nos obriga a armazenar as fotos, seja na galeria, seja como cache; uma vez apagadas, elas não podem ser mais resgatadas.

O mesmo acontece com conversas. Existe o backup, a opção só aparece quando o aplicativo é reinstalado, além disso download é demorado, o upload ainda mais, e há grandes chances de não ter lá tudo o que você queria.

Telegram é baseado na nuvem. Tudo o que você receber e mandar fica salvo online. Isso significa que mesmo com uma formatação no celular, não haverá uma única perda no Telegram; estarão lá todas as fotos, documentos, vídeos e conversas, prontas para serem recuperadas instantaneamente.

Isso tudo sem a necessidade de backup que ocupa espaço na sua nuvem (iCloud/OneDrive/Google Drive). Porém, não precisa ficar com medo de ser perseguido pelos dados. É só ir na conversa, selecionar o que quer apagar e assim sumirá para sempre.

Ainda é possível usar o Telegram para armazenamento online. Ele suporta upload de até 1,5 GB por arquivo! Coloque tudo no seu próprio chat privado e poderá baixar tudo lá rapidamente. Aliás, a partir das configurações do Telegram, escolha que nada seja salvo e ele pode ocupar quase nada a mais no seu celular! Tudo sendo obtido diretamente da nuvem.

Fotos autodestrutivas

Esse recurso faz do Telegram quase um Snapchat. Ele foi adicionado recentemente, numa das últimas atualizações do aplicativo. Com ele você pode mandar uma foto para alguém ou grupo e selecionar quantos segundos ela ficará disponível quando for aberta.

Na prévia, é exibido apenas um borrão da foto com um ícone de fogo no meio, mostrando que a mensagem é autodestrutiva. É impossível tirar screenshot.

Depois que o tempo passar, ela some sem deixar rastros. É ótimo para quem não quer precisar alternar de apps para mandar fotos secretas, afinal, Snapchat e Instagram não são bons mensageiros.

Chats secretos

Esse é um dos destaques do Telegram desde sua criação. Os chats secretos são totalmente criptografados, nada fica armazenado como cache nos celulares dos membros, e nem mesmo nos servidores do Telegram. Para aumentar o sigilo, as mensagens possuem um tempo até se autodestruírem. Garantindo a privacidade, não é possível encaminhar mensagens e nem tirar screenshot.

Supergrupos e canais

Hoje o WhatsApp permite criar grupos de até 256 membros. Tudo bem que um grupo com 256 pessoas deve ser um caos para acompanhar, mas por que esse limite? O Telegram também não entende, e por isso permite fazer grupos com até 10 mil membros!

Os canais são outra forma de interação do Telegram. Esse recuso é focado em sites, blogs, marcas, equipes e personalidades. Com um canal, os adminstradores podem mandar mensagens e os seguidores as recebem sem poder respondê-las.

É como uma página em que há publicações sem a seção de comentários. É muito útil para atrair seguidores onde eles estiverem, mesmo num app usado para conversas. Aliás, nós temos nosso canal no Telegram. Siga-nos!

Fixar mensagens em grupos

Grupos não são algo muito passível de controle. Por exemplo: você quer dar um aviso, mas ele logo some da tela quando as pessoas mandam umas mensagens. Como se assegurar que o aviso será visto por todos? O Telegram resolve isso com as mensagens fixadas. Ao fixar uma mensagem, ela será exibida embaixo do nome do grupo.

É possível até mesmo notificar a todos os membros quando um aviso é fixado, mesmo àqueles que silenciaram o grupo.

Compressão eficiente de vídeos

Um dia eu gravei um vídeo em 4K e meu amigo pediu para enviar a ele. Eu fui tentar enviar por WhatsApp, mas a demora para comprimir era impraticável. Então usei um aplicativo que comprimiu rapidamente, mas não deixou com 16 MB.

O WhatsApp novamente tentou diminuir o tamanho do arquivo, demorando bastante para fazer o upload. A demora foi tamanha que fiz meu o amigo instalar o Telegram.

Foi certo. Em questão de pouquíssimos minutos, o destinatário já estava com o vídeo. O Telegram tem a opção de compressão de vídeos, mostrando o quantos bytes o arquivo terá. Diferente do WhatsApp, o processo é rápido e o upload também.

Bots

O Telegram viu que não podia se aprimorar sozinho. Ele abriu suas portas aos desenvolvedores. O app é open source e isso dá chance a diversas possibilidades. Os bots ajudam muito a fazer tarefas rapidamente. O @vid dá acesso ao YouTube, o @gif ao Giphy e @bing ao Bing Imagens, tudo isso com uso direto de qualquer chat que esteja. Com o @bing, por exemplo, você pode rapidamente mandar uma imagem para alguém, sem nem precisar abrir o navegador. Existe dezenas de bots com as mais variadas funcionalidades, com certeza haverá muitos que te deixará viciado.

Cliente desktop decente

O WhatsApp para web é uma das piores coisas que já usei. Demora para carregar, precisa que o celular esteja ligado com internet, parece um visual de tablet, com erros de conexão e poucos recursos da versão para smartphones.

Já o Telegram para celulares só precisa do celular no primeiro acesso. O programa é disponível para todas as plataformas e pode ser instalado com um clique pela Windows Store.

Leve e fluido, ele tem a maioria dos recursos do celular, é personalizável e com um design pensado no PC. O planejamento para usar com mouse é notável. Por exemplo, para acessar os emojis é só colocar o mouse sobre o ícone e aparece um ‘mini menu’ com emojis, gifs e stickers.

Não é como o teclado/menu horizontal do WhatsApp Web, que além de ser enorme, empurra a conversa para cima.

Ainda é possível redimensionar a janela, ocultando a barra de conversas, ou até deixar tudo tão estreito como o app para smartphones.

Em suma, o Telegram Desktop é um programa para PC pensado para PC.

Adicionar por usuário

Hoje há pessoas que pedem o número falando “me dá seu WhatsApp”, mas isso não é muito conveniente. É necessário salvar a pessoa como contato e ainda ficar se perguntando se ela também te salvou.

O Telegram, primeiramente, não mostra pessoas como números, afinal, nós temos nomes. No app, é possível adicionar pessoas pelo nome de usuário, como no Twitter.

Mas fique tranquilo com sua privacidade: por padrão, seu número e outros dados são exclusivamente mostrados só aos seus contatos. Assim, o Telegram dá fim à necessidade de ficar pedindo o números; peça o nome de usuário (!), é mais curto e mais legal.

Editar e apagar mensagens

Os humanos não são nada perfeitos, nós erramos, mas às vezes não podemos corrigir nossos erros. No Telegram, podemos. Errou a escrita de palavras, se esqueceu de falar algo ou se arrependeu? É possível editar mensagens no app.

O balão ficará com um selo de editado, mas isso só mostra como você é humilde em reconhecer seus erros.

ver Showmetech
#redes sociais
#aplicativos
#ios
#android
#windows phones
#telegram