A inocência no ordenamento opinativo brasileiro, por Francy Lisboa

Facebook
VKontakte
share_fav

Categoria:

Opinião

A inocência no ordenamento opinativo brasileiro, por Francy Lisboa

A inocência é o resultado de julgamentos que podem seguir dois distintos ordenamentos: o jurídico e o social. O jurídico sabemos é berço no qual recaem as regras que qualquer nação teve de construir para se separar da barbárie. O opinativo é o meu, o seu, o nosso, eivado de nuances que o tornam um verdadeiro balaio de gato, e é esse ordenamento o que mais torna desnecessária a definição padrão de inocência.

Quando a inocência passa a ser determinada pelo ordenamento opinativo, não há razão para os arroubos de sinceridade em que agentes da Lei assumem que as abordagens são diferentes de acordo com a classe social. Também, quando o ordenamento opinativo é o guia para determinação da culpa, pouco importam provas contrárias, malabarismos jurídicos já são suficientes para o veredito.

leia mais

ver Blog do Luis Nassif
#luis nassif online
#destaque blogs
#manipulação
#blogs
#opinião
#inocência