Corpo encontrado no mar é da jornalista sueca que embarcou em submarino

Facebook
VKontakte
share_fav

A jornalista sueca Kim Wall foi assassinada, decapitada e esquartejada antes de ser atirada no mar Báltico. Os exames de DNA confirmaram que o torso encontrado na segunda-feira por um ciclista na ilha de Amager, a 50 quilômetros ao sul de Copenhague, é o da repórter, de 30 anos. Em 10 de agosto, ela entrou a bordo de um submarino de fabricação caseira do dinamarquês Peter Madsen para fazer uma reportagem sobre a história deste inventor e de sua embarcação, o UC3 Nautilus.

ver El País
#copenhague
#armamento
#dinamarca
#defesa
#escandinávia
#submarinos
#transporte militar
#suécia