"Casamento não durou", diz Gilmar, padrinho da filha do empresário solto

Facebook
VKontakte
share_fav

Categoria:

Justiça

Foto: Elza Fiúza/ Agência Brasil
Jornal GGN - O ministro Gilmar Mendes determinou a soltura de seu amigo, o empresário Jacob Barata Filho, nesta quinta-feira (17). Jacob foi preso em julho deste ano pela Operação Ponto Final, desdobramento da Lava Jato. Conforme mostrou o GGN, Gilmar foi padrinho de casamento da filha de Barata. Pela relação, o Ministério Público Federal do Rio de Janeiro encaminhou um pedido de suspeição do ministro.
Gilmar havia determinado a soltura do empresário que, além de ter relação de amizade com o ministro, tem como um dos advogados a figura de defesa também do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF). "Desnecessário lembrar que a relação mantida entre advogado e cliente pressupõe vínculo de confiança e fidelidade", disse o MPF do Rio.
O caso ainda será analisado pela Procuradoria-Geral da República (PGR). Mas Gilmar Mendes assim se justificou: o casamento, da qual o ministro e sua esposa, Guimar Mendes, foram padrinhos, "não durou nem seis meses".

leia mais

ver Blog do Luis Nassif
#luis nassif online
#casamento
#ministro
#gilmar
#padrinho
#empresário
#barata
#soltura
#jacob
#filha do empresário
#guiomar
#prisão
#rei do ônibus