Para coibir “cambistas”, Apple congela temporariamente as trocas de produtos comprados em Hong Kong

Photo of Para coibir “cambistas”, Apple congela temporariamente as trocas de produtos comprados em Hong Kong
Facebook
VKontakte
share_fav
Cambista pego na China em 2015

Mesmo sendo do outro lado do mundo, nós acompanhamos recorrentemente as aventuras (e desventuras) da Apple na China por ser um local crucial para a Maçã em todos os aspectos — mas principalmente por influenciar bastante a parte financeira da empresa.

Com todo o retorno que ela recebe, há sempre um ônus, algo que acaba a prejudicando em diversos fatores e tem reverberação mundial. Um dos grades problemas enfrentados há alguns anos no país é a grande operação de “cambistas” no lançamento de aparelhos.

Os sacanas compram um volume bem grande de unidades (acabando ou deixando os estoques dos novos aparelhos bem baixos) e, caso não consigam revender tudo o que adquiriram, vão lá e devolvem a sobra. A operação acaba sendo bem-sucedida já que a política de troca da Maçã é bastante generosa e permite que qualquer cliente se arrependa de uma compra até 14 dias depois de feita, tendo ou não uma razão para tal.

Um “cambista” de Hong Kong foi visto “andando de maneira estranha” pela fronteira da China, em 2015; ele não está parecendo um Megazord?

ver Mac Magazine
#venda
#hong kong
#iphone 8
#retorno
#troca
#cambista
#gadgets