Ana Julia, 12 anos, a primeira menina a integrar a seleção de futebol do Barcelona

Facebook
VKontakte
share_fav

As dificuldades do futebol feminino no Brasil, entre falta de estrutura e aporte financeiro, passam despercebidas pela grande maioria dos que ama o esporte mais popular do planeta. A situação é ainda pior nas categorias de base, que não entregam às meninas o mesmo suporte dado aos garotos. Por isso, diante dos obstáculos enfrentados pelas jovens jogadoras, histórias como a de Ana Julia se destacam. Aos 12 anos, após passar por testes técnicos, ela atua no time masculino de uma das escolas oficiais do FC Barcelona no Brasil, superando o desnível físico de um gênero para outro. A pequena atleta atingiu uma marca histórica: foi a primeira garota a chegar à seleção paulista das escolinhas do clube catalão. "Me sinto um exemplo. Vou inspirar muitas meninas a não desistir e tentar cada vez mais", diz Ana, visitada pela reportagem do EL PAÍS em um de seus treinos na escolinha do Barça, na Barra Funda, Zona Oeste de São Paulo. "Fiquei muito feliz [de chegar à seleção]. Porque, além de tudo que aprendo com a escolinha, eu consegui chegar a um nível que a maioria dos meninos não consegue", afirma a animada garota.

ver El País
#estado são paulo
#fc barcelona
#futebol feminino
#competições
#fútbol base
#esporte feminino
#categorías inferiores