Por defender Moro contra Lula, presidente do TRF-4 pode ser investigado pelo CNJ

Photo of Por defender Moro contra Lula, presidente do TRF-4 pode ser investigado pelo CNJ
Facebook
VKontakte
share_fav

Categoria:

Justiça

Foto-montagem: Brasil247
Jornal GGN - Após o presidente do Tribunal Regional Federal da 4ª Região, Carlos Eduardo Thompson Flores, afirmar que a sentença de Sérgio Moro contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva é "vai entrar para a história" e "é tecnicamente irrepreensível", o deputado Wadih Damous (PT-RJ) entrou com representação contra o desembargador.
A declaração do presidente do TRF-4, tribunal responsável por revisar as condenações e decisões do juiz de primeira instância, Sergio Moro, na Operação Lava Jato, foi feita em entrevista ao jornal O Estado de S. Paulo, divulgada neste domingo (06).
Além de ter se manifestado favoravelmente ao despacho de Moro, o desembargador, que não é o relator das revisões e dos recursos de Lula e tampouco integra a Turma que julgará o caso, chegou a comparar a sentença ao caso de Vladimir Herzog, morto durante a ditadura militar.

leia mais

ver Blog do Luis Nassif
#luis nassif online
#cnj
#trf-4
#presidente
#moro
#desembargador
#carlos eduardo thompson flores