Jaybird X3: A união entre o design e a vida sem fio

Photo of Jaybird X3: A união entre o design e a vida sem fio
Facebook
VKontakte
share_fav

Sempre fui fã de fone/headset sem fio, mas é difícil encontrar um aparelho que funcione bem (com áudio claro e de boa qualidade), que tenha uma bateria potente e seja confortável. Além destes pontos, que qualquer consumidor busca em um fone, eu também sou crítico com a questão “design”. Infelizmente, é normal encontrar um produto que tenha um design fantástico, mas a bateria não dura nada – um exemplo é o Gear IconX, da Samsung, que testamos aqui no Com limão – ou a bateria é satisfatória, mas o design não é lá aquelas coisas.

Na primeira quinzena de julho, exatamente no dia do Rock (13/07) e quase um mês atrás, a Logitech anunciou a chegada do Jaybird X3, o fone sem fio premium e destinado para esportes. Desde então, eu tenho usado o aparelho no meu dia a dia e agora chegou a vez de falar dele.

Antes de falar sobre o produto, precisamos entender quem é a Jaybird. Fundada em 2007 pelo australiano Judd Armstrong, a Jaybird nasceu como uma ideia maluca: tirar os fios dos fones e tornar-se líder do mercado. Considerado “maluco” até mesmo por seu pai, que, segundo o empreendedor, afirmou “você está competindo com a Apple e todas essas outras marcas gigantes”, a Jaybird aproveitou um nicho ignorado pelas gigantes (pelo menos naquela época) e, em 2015, já faturava US$ 58,8 milhões. No ano seguinte, a marca foi adquirida pela suíça Logitech por US$ 50 milhões.

Foi assim que a Jaybird uniu a qualidade suíça (principalmente no quesito design) com a fome/ânsia empreendedora. O novo modelo X3 já é um exemplo desta união.

Design… check! Vamos para o segundo quesito: Bateria

A Logitech promete 8 horas de uso por carga (que, em média, demora duas horas para atingir 100%). Em modo stand by, a promessa aumenta para 200 horas. Eu fiz um teste involuntário da bateria e preciso compartilhar. Algumas semana atrás, usei o aparelho para assistir Netflix no iPad e esqueci de desligá-lo. No dia seguinte, com evento externo o dia todo, já pensei “já era, vou ficar sem fone”. Para a minha surpresa, após uma noite em stand by e algumas horas de uso intenso, o Jaybird X3 chegou ao fim do dia com 35% de bateria.

A parte engraçada é que, durante a coletiva de apresentação, a Logitech já havia comentado sobre o poder da bateria, mas nós, jornalistas e bloggers de tecnologia, demos risada e desacreditamos. Tudo bem, este coração de gelo foi forjado por marcas que prometem e não entregam, o que não é o caso da Logitech.

O único ponto negativo em relação a bateria é o carregador. Apesar de usar um pequeno carregador USB, a porta de conexão com o fone é bem específico. Ou seja, se você perder ou quebrar, terá que entrar em contato com o suporte da Logitech ou comprar em algum site (encontrei o carregador por US$ 29).

Bateria… com certeza check! Hora de falar sobre conforto

O kit padrão do Jaybird X3 é bem completo. São seis tipos de ponteiras, entre elas, três opções de modelos da Comply, que possuem uma espuma especial e funcionam como protetores auriculares que isolam o barulho externo. Além disso, o kit também possui três tipos de “barbatanas”, que fixam o fone na orelha e um grampo para a camiseta, para evitar que você perca o X3.

Bônus: Compatibilidade entre aparelhos e aplicativo próprio

Compatível com Bluetooth 4.1, o Jaybird X3 permite que você deixe o fone pareado com mais de um produto, ou seja, dá para usar no computador e deixar ele conectado ao celular. Recebeu uma ligação, o X3 para a música e permite que você atenda a ligação pelo microfone integrado nele. Isso é bem legal para quem quer usar um fone de ouvido para vários momentos do dia. Outra coisa interessante do aparelho é a possibilidade de conectar dois Jaybird X3 no mesmo smartphone e praticar alguma atividade física acompanhado e escutar a mesma música. Dá para assistir Netflix à dois sem incomodar o restante da casa.

Fechando o pacote, o Jaybird X3 conta com um aplicativo para Android e iOS, onde permite que você configure graves, agudos e outros detalhes do áudios do fone de ouvido. Ideal para audiófilos.

Em resumo, o X3 é um dos fones mais legais que já tive e o seu preço (R$ 799,90 em 10x na loja da Logitech) é justificado por cada uma das funcionalidades e os cuidados com os detalhes que a marca tem no produto.

ver Com Limão
#review
#sem fio
#wireless
#fone de ouvido
#logitech
#jaybird