Violência e abstenção na votação da Constituinte de Maduro

Facebook
VKontakte
share_fav

A votação para a Assembleia Nacional Constituinte proposta por Nicolás Maduro mergulhou, neste domingo, a Venezuela em uma espiral de violência sem precedentes durante um processo eleitoral com pelo menos 15 mortos desde a noite de sábado, e encaminha o país a partir desta segunda-feira a uma intransponível fratura da sociedade e das instituições. O Governo seguiu em frente com seu plano de redigir uma nova Constituição e realizou eleições rejeitadas em bloco pela oposição – que não apresentou candidatos e promete agora redobrar seu enfrentamento ao regime – e boa parte da comunidade internacional.

ver El País
#constituição
#eleições venezuela
#assembléia constituinte
#atividade legislativa
#nicolás maduro