Brasil, Espanha, EUA e outros países condenam eleições na Venezuela

Facebook
VKontakte
share_fav

Os venezuelanos foram convocados neste domingo para escolher os integrantes de uma Assembleia Constituinte convocada pelo presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, com regras de jogo que favorecem o chavismo e que a oposição rejeita explicitamente. Os 545 membros que formarão a Assembleia Nacional Constituinte irão redigir uma nova Constituição do país para substituir a promulgada em 1999 pela presidência de Hugo Chávez. Nem os partidos da oposição, agrupados na Mesa da Unidade Democrática (MUD), nem a pressão dos Estados Unidos, da União Europeia e de muitos países da região foram suficientes para impedir os planos de Maduro.

ver El País
#constituição
#leopoldo lópez
#eleições venezuela
#assembléia constituinte
#atividade legislativa
#nicolás maduro