Cunha é acusado de se beneficiar de lucro de fundos de previdência

Facebook
VKontakte
share_fav

Categoria:

Justiça
Danos teriam atingido R$ 2 milhões da Previdência da Companhia de Águas e Esgotos e mais R$ 39 milhões da Cedae do Rio

Fotos: Reprodução
Jornal GGN - O ex-presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), foi acusado por fraudes em fundos exclusivos de previdência do Rio de Janeiro, juntamente com o dolero Lúcio Funaro e ex-diretores da Prece (Previdência Complementar dos Funcionários da Companhia Estadual de Águas e Esgotos do RJ).
Os danos causados ao fundo da Companhia de Águas e Esgotos teriam atingido R$ 2 milhões, além de outros R$ 39 milhões estimados no fundo dos funcionários da Cedae (Companhia de Distribuição de Água e Saneamento). Por estes motivos, o Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro ajuizou uma ação civil pública contra Cunha e 11 investigados, solicitando o ressarcimento dos montantes.
O ex-deputado, o doleiro e mais 10 investigados são acusados de improbidade administrativa na 3ª Promotoria de Justiça de Tutela Coletiva de Defesa da Cidadania da Capital. De acordo com os investigadores, a previdência da Cadae do Rio era usada como "espécie de seguro para as aplicações".

leia mais

ver Blog do Luis Nassif
#luis nassif online
#lucro
#cunha
#doleiro
#cedae
#fundos
#prece