A capivara do deputado que quer impedir homenagens a Lula

Photo of A capivara do deputado que quer impedir homenagens a Lula
Facebook
VKontakte
share_fav

Categoria:

Congresso

Foto: Ricardo Stuckert

Atualizada às 13h30

Jornal GGN - Um dia após a condenação de Lula por Sergio Moro no caso triplex, o deputado Silar Freire, do Podemos, apresentou um projeto de lei para proibir que figuras públicas que tenham sido condenadas em tribunais superiores ou em colegiado de segunda instância emprestem o nome para homenagens póstumas. Isso significa que se o projeto passar e a condenação de Lula for confirmada, nem uma "rua sem saída" poderá ser batizada com seu nome. A informação é da coluna de Lauro Jardim, de quinta (20).

O deputado que apresentou o projeto para impedir o nome de "criminosos" em espaços públicos tem um histórico controverso.

Em 2014, quando ainda não era deputado, mas apresentador de uma TV no Piauí, Silas foi denunciado pelo Ministério Público por ter mandado matar um radialista em 2000 por "vingança". A ação penal chegou a ser aceita pela Justiça local, com projeção de pena de 12 a 30 anos para esse tipo de crime. Veja mais aqui.

No ano passado, ele chegou a ser suspenso pelo PR, seu antigo partido, mas por não ter fechado questão com a legenda e ajudado a aprovar a PEC do Teto dos gastos. Mais aqui.

leia mais

ver Blog do Luis Nassif
#luis nassif online
#lei
#podemos
#deputado federal
#segunda instância
#condenados
#homenagens póstumas
#silas freire