Centenas de milhares de turcos se manifestam em Istambul contra Erdogan

Facebook
VKontakte
share_fav

“Que ninguém pense que isso acaba com esta manifestação, foi apenas o primeiro passo.” Em um duro discurso em que chamou o Governo turco de ditatorial e o comparou com a Alemanha de Hitler, o líder da oposição, Kemal Kiliçdaroglu, presidente do partido socialdemocrata CHP, se afirmou como novo líder da contestação ao polêmico presidente turco Recep Tayyip Erdogan. A manifestação liderada por Kiliçdaroglu, que reuniu em Istambul centenas de milhares de pessoas (mais de um milhão segundo os organizadores), foi o ponto final da Marcha pela Justiça, que durante 25 dias levou o político de centro-esquerda a percorrer os mais de 400 quilômetros que separam a capital, Ancara, de Istambul, onde fica a prisão em que está detido seu colega e deputado do CHP, Enis Berberoglu, condenado a 25 anos de cadeia por vazar para a imprensa um vídeo que demonstra que o Governo turco enviou armas ilegalmente aos rebeldes sírios. Essa condenação, que Kiliçdaroglu considera “ditada” pelo próprio Erdogan aos tribunais, foi “a gota que fez transbordar o copo” da paciência da oposição e levou o líder CHP a começar sua marcha.

ver El País
#ásia
#oriente médio
#balcãs
#recep tayyip erdogan
#akp
#partidos islamistas
#chp