Com protestos e bloqueios pontuais, paralisações são menores que na última greve geral

Photo of Com protestos e bloqueios pontuais, paralisações são menores que na última greve geral
Facebook
VKontakte
share_fav

Sem a adesão dos ônibus de São Paulo, a paralisação marcada para esta sexta-feira 30 deve ser menor do que a última, ocorrida no dia 28 de abril. Convocada por diversas centrais sindicais e movimentos sociais, a paralisação – alguns movimentos não estão nem falando em greve geral, como da última vez – ocorre contra as mudanças da reforma trabalhista. Nesta quarta-feira, o texto da reforma foi aprovado na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) e agora seguirá para a última etapa, que é a votação no plenário do Senado. O presidente da Casa, senador Eunício Oliveira (PMDB-CE), quer colocar em votação já na próxima semana.

ver El País
#estado são paulo
#protestos sociais
#sindicalismo
#relações trabalhistas
#greves
#conflitos trabalhistas
#mobilizações civis
#manifestações
#sindicatos
#cut
#reformas trabalhistas
#política trabalhista
#governo
#presidência brasil
#governo brasil
#mal-estar social