Ariana, 15 anos: “Apanhei enquanto gritavam ‘vem, traveco, que vou te matar!’”

Photo of Ariana, 15 anos: “Apanhei enquanto gritavam ‘vem, traveco, que vou te matar!’”
Facebook
VKontakte
share_fav

A primeira lembrança que tenho da minha infância é quando ia com a minha mãe para me comprar roupa e sempre procurava as roupas de menina. Minha mãe me dizia: “Você não pode usar isso, porque será mal visto” – embora amasse moda, maquiagem, sapatos, bonecas. Quando fiquei um pouco mais velha, perguntava: “E quando eu crescer e for mulher, vou poder usar saltos altos e vestidos?”. “Sim, claro”, dizia minha mãe. Eu esperava que algum dia os seios crescessem. Ela conta que estava convencida de que eu era uma menina desde a gravidez, discordando do ginecologista que dizia que eu seria um menino. Hoje falamos que minha mãe estava certa desde o início.

ver El País
#crianças
#sexualidade
#identidade sexual
#transexualidade
#infância
#ativismo lgtb
#lgtbi
#direitos civis
#ativismo
#grupos sociais
#orgulho gay