O apetite chinês muda de cara na América Latina

Photo of O apetite chinês muda de cara na América Latina
Facebook
VKontakte
share_fav

De propriedade pública, vinculadas ao setor de matérias-primas e com uma queda pelo Brasil e pelo Peru. Esse é o retrato das empresas chinesas com interesses na América Latina e no Caribe, uma região que se tornou pedra angular da expansão do país pelo exterior. No entanto, algo parece estar mudando em sua abordagem à região: o apetite pelas matérias-primas — sobretudo petróleo e mineração —, mesmo sendo ainda significativo, abriu caminho pouco a pouco a um crescente interesse por outros setores produtivos, como infraestrutura e serviços, segundo o último relatório da Rede Acadêmica da América Latina e Caribe sobre a China apresentado recentemente na Cidade do México.

ver El País
#ásia oriental
#ásia
#comércio internacional
#matérias-primas
#caribe
#jamaica
#cuba