FACEPALM: o Facebook expôs dados de moderadores a suspeitos de terrorismo

Facebook
VKontakte
share_fav

odhn0ui

O Facebook é esquizofrênico. Se você postar um vídeo colocando um gatinho num moedor de carne, ele não liga. Se mostrar terroristas degolando reféns, tá tranquilo. Militantes negros um jovem branco doente mental, tá de boas.

Adolescentes, como rolou ontem, repassando um conto erótico ilustrado com uma moça nua, de joelhos (mas sem mamilos aparentes) e a boca cheia de — imagino eu — leite condensado, também ok. Mas se for uma estátua de bronze com peitinhos de fora, .

Isso estava pegando muito mal e a empresa do Mark resolveu colocar um pessoal para controlar um pouco o uso ilegal da plataforma. Postagens por demais radicais são excluídas, contas reincidentes são bloqueadas. O problema é: os idiotas do Facebook esqueceram que estão lidando com terroristas em potencial, gente que joga gays do alto de prédios e só de zoeira curtem sair na estrada metralhando o carro dos outros, em um verdadeiro GTAlah (NSFW, NSFL, não clique).

Essa gente foi bloqueada, teve conteúdo removido do Facebook e… receberam em sua timeline de atividades informação de que isso aconteceu, COM O LINK PRO PERFIL DOS MODERADORES.

Isso mesmo. O terrorista que o sujeito bloqueou foi informado disso. E tem acesso ao seu perfil.

A hagada afetou mais de 1.000 funcionários do Facebook, 40 deles trabalhando em uma unidade anti-terrorismo em Dublin. Muitos desses moderadores são de origem árabe, contratados por dominar o idioma. Agora não só eles mas suas famílias estão em perigo. Houve até quem fugisse da Irlanda. Um desses moderadores, de origem iraquiana se mudou para país desconhecido depois que descobriu que sete terroristas egípcios associados ao HAMAS foram informados, pelo Facebook que ele havia deletado suas contas.

O bug ficou ativo por mais de dois meses, os moderadores só perceberam quando começaram a receber pedidos de amizade de gente ligada a organizações extremistas. O Facebook pediu desculpas, e se ofereceu para pagar o Uber pros moderadores irem trabalhar, e disse que vai instalar alarmes nas casas deles.

Fonte: .

The post appeared first on Meio Bit.

ver Meio Bit
#fail
#segurança
#isis