James Comey, o homem que faz tremer os presidentes dos EUA

Facebook
VKontakte
share_fav

11 de março de 2004. O presidente George W. Bush se reúne na sala de jantar particular da Casa Branca com um tipo durão. Sentado em uma cadeira pequena para ele, esse homem de 2,03 metros se recusa a autorizar – por causa da flagrante ilegalidade – o programa de escutas telefônicas indiscriminadas Vento Estelar. Sua assinatura é necessária. Como o procurador-geral estava incapacitado por doença, era ele, seu adjunto, que dirigia o Departamento de Justiça. O vice-presidente, Dick Cheney, já tinha explicado a situação: se não houvesse autorização, morreriam americanos e o sangue correria por sua culpa. Bush, com menos rudeza, repete-lhe o argumento.

ver El País
#fbi
#casa branca
#governo