Um ano depois, Apple mantém o terceiro lugar na lista da Fortune com as 500 maiores empresas dos Estados Unidos

Photo of Um ano depois, Apple mantém o terceiro lugar na lista da Fortune com as 500 maiores empresas dos Estados Unidos
Facebook
VKontakte
share_fav
Apple Schildergasse na Alemanha

Qual é a maior empresa do mundo? Esta é uma pergunta cuja resposta para nós, simpáticos ao mundo da tecnologia e a uma certa empresa frutífera de Cupertino (Califórnia), costuma ser “Apple”. Mas, como diria a Física, tudo depende do referencial: a Maçã é, sim, a maior companhia deste planetinha se levarmos em conta o seu valor de mercado, mas em outros quesitos Tim Cook e sua turma ainda têm muito o que trabalhar se quiserem atingir o topo do mundo.

Digo isso porque a Fortune publicou hoje a edição de 2017 da sua célebre lista com as 500 maiores empresas dos Estados Unidos e, pelo segundo ano consecutivo, a Apple ficou com a terceira colocação. A revista lista as empresas com base na sua receita ao longo do último ano fiscal e, em 2017, a Maçã foi superada apenas pela Walmart e pela Berkshire Hathaway.

Apesar da colocação bastante honrosa — é, por exemplo, a única empresa de tecnologia no Top 10, além de ter subido 250(!) posições nos últimos oito anos —, a descrição da Apple pela Fortune não é das mais lisonjeiras:

Após mais de uma década de crescimento sólido alimentado pelo primeiro tocador de música iPod e depois pelo ainda mais popular iPhone, a Apple finalmente parece ter batido num muro, com vendas mornas — relativamente falando — de outros produtos, como o iPad e o Apple Watch, além de uma forte insistência em modelos de telefone ligeiramente atualizados. Mas a mais lucrativa das empresas de capital aberto do mundo está investindo alto em software e seus esforços em novas áreas de oportunidade, incluindo automóveis, continuam em desenvolvimento (e sob forte segredo).

O início do ranking da Fortune, em 2017, ficou assim:

  1. Walmart – US$485 bilhões no último ano fiscal
  2. Berkshire Hathaway – US$223 bilhões
  3. Apple – US$215 bilhões
  4. Exxon Mobil – US$205 bilhões
  5. McKesson – US$192 bilhões
  6. UnitedHealth Group – US$184 bilhões
  7. CVS Health – US$177 bilhões
  8. General Motors – US$166 bilhões
  9. AT&T – US$163 bilhões
  10. Ford – US$151 bilhões

Dentre as outras empresas de tecnologia que apareceram na lista, temos Amazon (12º lugar), Alphabet (27º), Microsoft (28º), IBM (32º), Dell (41º), Intel (47º), HP (59º), Oracle (81º) e Facebook (98º) — isso considerando apenas as 100 primeiras.

É bom lembrar, naturalmente, que a lista consiste apenas de companhias fundadas nos EUA: se analisarmos o ranking mundial, a Apple (e, por conseguinte, todas as empresas abaixo dela) cai várias posições, principalmente por conta de companhias chinesas e europeias.

via 9to5Mac

ver Mac Magazine
#empresa
#lucro
#companhia
#berkshire hathaway
#fortune
#receita
#fortune 500
#500