Apple e Amazon se juntam à Foxconn para adquirir o negócio de chips da Toshiba

Photo of Apple e Amazon se juntam à Foxconn para adquirir o negócio de chips da Toshiba
Facebook
VKontakte
share_fav
Memória NAND de 128GB da Toshiba

Conforme a Reuters divulgou, o presidente da Foxconn, Terry Gou, contou ao Nikkei Business Daily que a Apple e a Amazon estariam interessadas em adquirir o negócio de fabricação de chips da Toshiba.

O burburinho de que a Maçã teria intenções de adquirir a fábrica de semicondutores da Toshiba — que se foca em memórias flash — surgiu em março deste ano. Um mês depois, a Apple teria oferecido US$27 bilhões pelo negócio, a fim de derrotar de vez qualquer outro interessado. Depois que surgiram rumores sobre um possível interesse da Foxconn neste mesmo negócio, algumas evidências apontavam para as duas empresas juntando forças a fim de um mesmo propósito — pudera, elas são parceiras de longa data.

Agora, o próprio Gou confirmou isso ao jornal japonês, dizendo que eles apresentaram uma oferta para o negócio de chips da Toshiba com vários parceiros estratégicos, no tempo apropriado. O presidente da Foxconn disse ainda que a tanto a Apple quanto a Amazon estão oferecendo dinheiro juntas, mas que não poderia comentar quanto cada empresa está contribuindo com o negócio.

A Toshiba é uma das maiores fabricantes de memórias NAND do mundo, atrás somente da Western Digital e — adivinhe! — da Samsung. Alguns rumores sugeriram que estes chips estariam “ameaçando” a produção de produtos da Apple, incluindo o “iPhone 8”; portanto, sendo a Toshiba uma das principais fornecedoras da Maçã, ela seria bastante beneficiada caso consiga ter uma parcela desse negócio.

Apesar disso, parece que o governo japonês não está nada contente, já que não concorda muito com empresas estrangeiras fabricando chips e ameaçou bloquear qualquer tipo de acordo parecido que pudesse “arriscar a transferência da tecnologia para fora do país”.

Isso tudo pode dar o que falar e acabar prejudicando a Maçã na Terra do Sol Nascente. Ainda assim, espera-se que algum tipo de acordo seja feito para que uma das maiores potências em chips NAND não saia do Japão. Mesmo se a Foxconn, Apple e companhia conseguissem “apenas” 20% do negócio — como rumores afirmam —, eles conseguiriam uma parcela suficiente para terem prioridade na produção.

via 9to5Mac

ver Mac Magazine
#rumores
#japão
#oferta
#amazon
#chip
#foxconn
#flash
#memória
#chips
#toshiba
#nand