Carl Safina: “Só os humanos matamos animais de forma miserável”

Photo of Carl Safina: “Só os humanos matamos animais de forma miserável”
Facebook
VKontakte
share_fav

Carl Safina (Nova York, 1955) é um dos maiores especialistas atuais na relação do homem com os animais. Etólogo e premiado escritor por seus livros de divulgação sobre a natureza e nossa responsabilidade para com ela, Safina acaba de publicar em castelhano Mentes Maravillosas, lo que Piensan y Sienten los Animales (Mentes Maravilhosas, o que os Amimais Pensam e Sentem), uma obra que viaja até as reservas africanas, a Yellowstone e ao mar de Salish, junto a Vancouver, no noroeste do Pacífico, para observar respectivamente os elefantes (entre os quais uma manada em Amboseli com nomes de escritoras), os lobos e as orcas, e , sobretudo, iluminar nosso conhecimento sobre as extraordinárias criaturas com as quais compartilhamos o planeta. Safina, que participou em Barcelona do festival Kosmopolis, expõe em seu livro o atual estado da questão da inteligência e das emoções dos animais com uma ideia central muito clara: temos de deixar de julgá-los com os nossos parâmetros. “Não somos a medida de todas as coisas”, enfatiza, alterando a frase de Protágoras. Ao começar a entrevista, Safina ataca com apetite um sanduíche vegetariano.

ver El País
#nutrição
#fauna
#bem-estar
#estilo vida
#espécies
#medicina
#cuidado corporal
#veganismo
#tratamento médico
#dietas
#gastronomia
#cocina vegetariana