BeeScanning: salvando abelhas graças ao iPhone e à inteligência artificial

Photo of BeeScanning: salvando abelhas graças ao iPhone e à inteligência artificial
Facebook
VKontakte
share_fav
BeeScanning

Não temos como negar que os smartphones fazem coisas inimagináveis, desde salvar vidas a transformar o seu iPhone num mini-Macintosh — tudo varia conforme a criatividade de usuários/desenvolvedores para solucionar os mais variados problemas do dia-a-dia utilizando a aprendizagem de máquina.

O sueco Björn Lagerman, com ajuda de uma equipe de pesquisadores e engenheiros, está construindo o BeeScanning (“Scanner de Abelhas”), um aplicativo para apicultores que pode ser uma grande e barata ferramenta. Apenas utilizando o iPhone, o app aplica uma visão com uma maior inteligência nas fotos do smartphone, alertando os apicultores quando existir germes em suas colônias de abelhas. Para entender melhor o funcionamento, confira o vídeo na prática:

Os germes são um grande pesadelo para as abelhas e seus detentores; os ácaros literalmente sugam a vida delas, podendo destruir colônias inteiras e causar um grande prejuízo para apicultores. A maneira de se proteger é através do monitoramento contínuo das abelhas e, quando o problema é detectado cedo, a salvação é possível. Contudo, os métodos tradicionais são caros e demorados. É nesse problema que o BeeScanning entra em jogo; os ácaros contrastam fortemente a cor vermelha nas costas das abelhas e, através da câmera do iPhone e um algoritmo de reconhecimento de objetos, é verificado rapidamente os “lotes” de abelhas que possuem os germes.

BeeScanning

Levando em conta o aprendizado de máquina utilizado no app, o grupo responsável pelo seu desenvolvimento está no processo de coletar 40.000 imagens de 10.000 colônias de abelhas ao redor do mundo — sendo um processo muito importante para “treinar” as imagens. A ideia do BeeScanning é fornecer um teste rápido para verificar os germes e se tornar uma grande ferramenta para apicultores, estudantes e toda a comunidade pesquisadora.

O BeeScanning foi lançado Kickstarter e está buscando levantar o financiamento necessário para colocar o serviço no mercado. O valor inicial arrecadado será para a criação do banco de dados da aplicação — por conta do aprendizado de máquina, é um dos pontos mais importantes para o devido funcionamento. Lagerman está confiante de que o projeto receberá o apoio necessário — principalmente de instituições de pesquisa — e a tempo de ser concluído ainda neste ano.

Para mais informações, acesse o site oficial do projeto e a página dele no Kickstarter.

[via TechCrunch]

ver Mac Magazine
#aprendizado de máquina
#inteligência artificial
#aplicativo
#kickstarter
#abelhas
#germes
#gadgets