Os fuzilados sem perdão da Primeira Grande Guerra Mundial

Photo of Os fuzilados sem perdão da Primeira Grande Guerra Mundial
Facebook
VKontakte
share_fav

Na primavera de 1917 no hemisfério norte, o general francês Robert Georges Nivelle comandou uma ofensiva na frente ocidental, conhecida como a Batalha do Caminho das Damas. Em apenas algumas horas, ficou claro que os soldados foram enviados para uma morte certa e inútil: dois meses depois já se contabilizavam 110.000 baixas e nenhum avanço. Em questão de dias, começaram a surgir motins de poilus — ou peludos, o nome dado aos recrutas —, que os comandantes tentaram frear à força com sentenças de morte. Stanley Kubrick se inspirou no episódio para dirigir o filme mais famoso sobre a Primeira Guerra Mundial, Glória Feita de Sangue. Cem anos depois, os soldados que foram fuzilados para servir de exemplo são um caso aberto.

ver El País
#história contemporânea
#guerra
#história
#stanley kubrick
#centenarios
#aniversários
#primeira guerra mundial