A “delação combinada” entre empreiteiros, marqueteiros e justiceiros, por Jeferson Miola

Facebook
VKontakte
share_fav

Categoria:

Artigos

por Jeferson Miola

Abrindo nova semana de bombardeio a Lula e ao PT, o Jornal Nacional da segunda-feira 24/4 proferiu uma sentença de condenação da Presidente Dilma: “o casal de marqueteiros João Santana e Mônica Moura confirmou ao TSE que Dilma tinha conhecimento do caixa dois ...”.

Note-se que a Globo não praticou jornalismo; menos ainda o que seria considerado uma prática jornalística honesta. Ao invés de jornalismo, a Globo simplesmente conjugou o verbo confirmar – “o casal confirmou”, sentenciou o apresentador William Bonner.

Segundo o dicionário Houaiss da Língua Portuguesa, o verbo confirmar significa “afirmar a verdade ou a exatidão de ato, crença ou fato precedente”, “ratificar um ato ou fato antecedente”, “provar[-se] verdadeiro; comprovar[-se]”.

A Globo e a Lava Jato assumem ser dispensável, no regime de exceção, “afirmar a verdade ou a exatidão de ato”, tampouco “provar verdadeiro; comprovar”. Para a ditadura jurídico-midiática, não é necessário produzir provas; bastam suas próprias convicções condenatórias e os preconceitos e ódios nutridos contra os inimigos ideológicos.

leia mais

ver Blog do Luis Nassif
#luis nassif online
#justiceiros
#dilma rousseff
#marqueteiros
#tse