A vida amazônica antes da construção de uma rota comercial ambientalmente perigosa

Photo of A vida amazônica antes da construção de uma rota comercial ambientalmente perigosa
Facebook
VKontakte
share_fav

Esta matéria foi originalmente publicada na VICE US .

Recentemente, parti numa viagem de exploração pela região que um dia pode virar o Corredor Manta-Manaus, um corredor que ligará o Brasil ao Pacífico, passando pelo Peru até chegar a Manta, no Equador. A nova rota reduziria o tempo de viagem entre as duas cidades de 55 para dez dias. O projeto foi lançado sob a iniciativa de Integração da Infraestrutura Regional Sul-Americana, um plano de desenvolvimento para integrar economicamente os países do continente. O empreendimento contará com aeroportos, estradas e vias navegáveis. Quando terminado, o corredor será uma alternativa ao Canal do Panamá, estendendo-se por mais de 2.400 km através da Amazônia peruana e colombiana. O objetivo final é melhorar as relações entre as nações ao longo da rota — Equador, Brasil, Peru e Colômbia — além de aumentar a velocidade com que as importações asiáticas chegam à América do Sul.

Ainda assim, a Amazon Watch, uma ONG de Oakland, na Califórnia, que promove conservação da floresta e defende os direitos das populações indígenas da região, expressou preocupações de que o projeto leve a mais desmatamento e drenagem dos rios. Alguns críticos também acreditam que os benefícios do corredor estão sendo exagerados, ou que há poucas evidências para apoiar o sucesso em potencial do projeto.

Antes que o corredor seja concluído, decidi fazer uma viagem de carro pela região, começando em Manta, no Equador, e terminando em Manaus, aqui no Brasil, com a intenção de fazer um livro. As fotos, na minha visão, vão acompanhar minha jornada em ordem cronológica, refletindo o humor, a força e a gentileza das pessoas que conheci — antes que a destruição ambiental chegue até elas.

– Misha Vallejo

Todas as fotos são do próximo livro de Misha Vallejo. Siga o trabalho dele aqui e seu coletivo aqui .

Tradução do inglês por Marina Schnoor.

Siga a VICE Brasil no , Twitter e Instagram.

ver Vice Brasil
#fotografia
#manaus