EUA investigam United Airlines após retirada de passageiro à força por overbooking

Photo of EUA investigam United Airlines após retirada de passageiro à força por overbooking
Facebook
VKontakte
share_fav

Óscar Múñoz, CEO da United Airlines, foi bastante enfático ao defender a atuação dos funcionários da empresa, diante da enxurrada de críticas e apelos ao boicote, depois de a companhia aérea ter arrastado pelo corredor de uma aeronave um passageiro que se recusava a deixar o avião por causa de um overbooking (excesso de reservas em relação aos lugares disponíveis). Múñoz afirma que todos os procedimentos estabelecidos de forma regulamentar foram seguidos e que o passageiro agiu de forma “abrupta e beligerante”. O Departamento de Transporte dos Estados Unidos está avaliando o incidente. As ações da companhia caíram 4% na abertura de Wall Street.

ver El País
#transporte
#aviões
#transporte aéreo
#segurança aérea
#tráfego aéreo
#united airlines