Diretor da CUT Rio é intimado por criticar Sérgio Moro

Facebook
VKontakte
share_fav

Categoria:

Justiça
Foto: Reprodução
Jornal GGN - O diretor adjunto da Secretaria de Saúde do Trabalhador da CUT Rio, Roberto Ponciano, foi intimado pela Polícia Federal a prestar depoimento na Superintendência do Rio de Janeiro, no próximo dia 11 abril, após manifestar críticas e posicionamentos contra o juiz Sérgio Moro e a Operação Lava Jato.
Além de militante, Ponciano é pesquisador marxista e serventuário da Justiça Federal no Rio, e passou a ser investigado por supostamente cometer os crimes de injúria, ameaça e incitação ao crime, por teoricamente "atentar contra a vida" do juiz da Vara Federal de Curitiba, Sérgio Moro, por meio de redes sociais.
"Escrevo textos em meu perfil numa mídia social e em sites de opinião criticando sim procedimentos da Lava Jato e a seletividade do juiz Moro. Faço somente análises do contexto da investigação, ao criticar como ela acabou por se tornar uma orquestração política usada por veículos de comunicação e a direita interessados apenas em demonizar a imagem do Partido dos Trabalhadores e de suas lideranças", disse Roberto à Agência Petroleira de Notícias.

leia mais

ver Blog do Luis Nassif
#luis nassif online
#intimação
#dirigente
#militante
#cut rio