“Não é que queira lutar pelos direitos dos transgêneros; é que devo fazê-lo”

Photo of “Não é que queira lutar pelos direitos dos transgêneros; é que devo fazê-lo”
Facebook
VKontakte
share_fav

Guarda em suas lembranças que, por um longo tempo, ninguém queria contratá-la. “Meu agente me consolava dizendo que uma pessoa acabaria acreditando em mim. E que, depois, todo mundo correria para fazer o mesmo”, afirma Hari Nef, enrolada em um sofá em um hotel de Berlim. E assim aconteceu. Depois de ser ignorada durante anos por uma indústria que não sabia o que fazer com ela, começaram a chover contratos.

ver El País
#orange is the new black
#amazon
#séries americanas
#transparent
#transexuais
#empresas têxteis
#têxtil
#confeção
#gucci
#programação
#amazon studios