O modo restrito do YouTube está escondendo vídeos LGBTQ

Photo of O modo restrito do YouTube está escondendo vídeos LGBTQ
Facebook
VKontakte
share_fav

"Esta matéria foi originalmente publicada na YouTube é anti-LGBTQ ". No vídeo Ellis diz que o YouTube é um dos únicos lugares onde jovens queer e trans podem encontrar conselhos e apoio, e que limitar seu acesso a vídeos assim pode ser perigoso – ela também questiona a razão oculta para os vídeos terem sido bloqueados.

"Acho que é muito importante analisar por que conteúdo LGBT foi considerado impróprio", ela disse. "Isso é algo que vai muito além de apenas num erro do YouTube, que eles vão retirar e consertar depois. Isso é algo que me deixa muito, muito brava."

A restrição também atingiu vídeos que não incluem tópicos LGBTQ, e nem todos os vídeos LGBTQ foram restringidos – alguns dos vídeos que foram denunciados nas redes sociais agora não estão mais restringidos. Depois de toda a atenção negativa na internet semana passada, o YouTube divulgou uma declaração através do Twitter numa tentativa de esclarecer o ocorrido.

"A intenção do modo restrito é filtrar conteúdo adulto para uma pequena parcela dos espectadores que querem uma experiência mais limitada", diz a declaração. "Vídeos LGBTQ+ estão disponíveis em modo restrito, mas vídeos que discutem questões mais sensíveis podem não estar."

"Nos desculpem pela confusão com o Modo Restrito", diz uma atualização. "Alguns vídeos foram incorretamente rotulados e isso não é certo. Estamos trabalhando nisso! Mais notícias em breve."

Siga o Mack Lamoureux no Twitter .

Tradução: Marina Schnoor

Siga a VICE Brasil no , Twitter e Instagram.

ver Vice Brasil
#youtube
#youtuber
#modo restrito
#canais