Você já se perguntou o porquê de todas as assistentes digitais terem vozes femininas? A resposta pode ser desconfortável

Photo of Você já se perguntou o porquê de todas as assistentes digitais terem vozes femininas? A resposta pode ser desconfortável
Facebook
VKontakte
share_fav
Siri no iOS 9 em um iPhone e no watchOS2 num Apple Watch

Dê uma olhada em sua volta. Pegue seu iPhone, seu smartphone com Android, seu Windows Phone e seu Amazon Echo (eu sei que você não tem estes dois últimos, é só licença poética) e ative suas assistentes digitais. Responderão prontamente a Siri, a Assistente Google, a Cortana e a Alexa. Notou algo em comum entre elas?

Pois é: todas as principais assistentes digitais do mundo tecnológico são representadas, como eu mesmo já evidenciei no título deste post e na quantidade enorme de artigos femininos empregados até agora, por vozes de mulher. Poderia ser tudo uma curiosa coincidência, mas, como conta a colunista [matéria exclusiva para assinantes] do Wall Street Journal Joanna Stern, não é bem assim.

Siri no iOS 9 em um iPhone e no watchOS2 num Apple Watch

De acordo com estudos da Universidade de Indiana citados pela reportagem, tanto homens como mulheres preferem a voz feminina nas suas assistentes digitais — fato confirmado por Microsoft e Amazon em pesquisas próprias. Segundo os dados obtidos, esta preferência pode estar ligada simplesmente à imagem materna adquirida pela mulher ao longo da história; supostamente, as vozes femininas seriam mais acalentadoras, calmantes e cuidadosas aos ouvidos dos seres humanos por conta desta predisposição histórica.

Entretanto, outros fatores, digamos, mais controversos podem estar ligados a esta preferência. Os estudos citam os papéis subalternos historicamente associados às mulheres — assistentes, secretárias, governantas ou ainda algumas ocupações bem horríveis se voltarmos mais no tempo — como razões para que nos sintamos melhores e mais confortáveis interagindo com uma “assistente” digital feminina.

E não para por aí. Outro estudo, este realizado pela Universidade de Stanford, revelou que a preferência por vozes masculinas ou femininas depende do assunto que está sendo tratado: enquanto nós preferimos uma voz de homem para nos falar, por exemplo, sobre computadores, se o assunto é amor e relacionamentos nós temos a tendência a preferir os conselhos de uma voz de mulher. Por isso, a Domino’s preferiu colocar um assistente “masculino” no seu aplicativo de pedido de pizzas — aparentemente, a voz de homem passa uma maior ideia de precisão e confiabilidade. Vamos falar sobre estereótipos?

ver Mac Magazine
#mulher
#amazon
#gênero
#masculino
#homem
#siri
#alexa
#assistente
#cortana
#feminina
#digital
#voz
#estereótipo