A trajetória de Marisa Letícia, por Rui Daher

Facebook
VKontakte
share_fav

Categoria:

Crônica

A trajetória de Marisa Letícia

por Rui Daher

em CartaCapital

A minha geração e as que vieram depois se acostumaram a enxergar a região do ABCD paulista como um grande parque industrial. E é. Nem tanto quando você inclui Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra. Ali se estará descendo para o litoral, à Baixada Santista, a encontrar hortaliças, bananas, chácaras de flores e plantas ornamentais, plantações de cogumelos, algum extrativismo.

A região foi colonizada pouco antes de São Paulo de Piratininga. Em 1550, os padres jesuítas estabeleceram Santo André da Borda do Campo. Três anos depois, João Ramalho casou-se com Bartira, filha de Tibiriçá, cacique dos índios Guaianases e fundou São Bernardo do Campo. Durou pouco. Em sete anos, a população foi transferida para São Paulo, restando uma grande sesmaria, doada aos monges beneditinos, que lá estabeleceram duas grandes fazendas, a São Caetano e a São Bernardo, assim permanecendo até 1717.

leia mais

ver Blog do Luis Nassif
#luis nassif online
#são bernardo do campo
#área do colunista
#santo andré
#indústria automobilística
#abcd