Pesquisas: Apple continua a liderar o cambaleante mercado dos tablets, mas o iPad Pro é menos popular do que se esperava

Facebook
VKontakte
share_fav
Tablets - iPad

Está com um sentimento de déjà vu? Talvez seja porque o título que você acaba de ler já foi publicado por mim, letra por letra, alguns meses atrás. A razão desta repetição é nenhuma outra além do fato de que a situação do iPad continua exatamente a mesma: apesar de manter a liderança, o segmento em si está caindo cada vez mais (e os tablets da Apple, por conseguinte, também). Além disso, a mais recente aposta da Maçã para revitalizar a linha, o iPad Pro, não tem conseguido números tão bons como poderia se esperar.

Levantamentos de duas firmas de análise econômica, IDC e Strategy Analytics, referentes ao último trimestre de 2016, divergem um pouco em relação a alguns números, mas mostram que o cenário do mundo das tablets pouco mudou em relação ao que já vimos antes. No geral, as firmas estimam que as vendas de tablets tenham caído entre 9% (SA) e 20% (IDC) em comparação ao quarto trimestre de 2015.

Relatório da Strategy Analytics referente a vendas de tablets no quarto trimestre de 2016

Focando-se no relatório da SA, vemos que a Apple, apesar de manter uma liderança folgada no segmento, caiu 19% na comparação ano-a-ano — foram 13,1 milhões de tablets no último trimestre, contra 16,1 milhões despachados no período de 2015. Mesmo ainda líder, a fatia do mercado detida pela Maçã caiu de 23,2% para 20,6%. Em segundo lugar, a Samsung caiu 10%, enquanto as três seguintes (Lenovo, Huawei e Amazon) tiveram bons crescimentos de 21%, 16% e 49%, respectivamente.

O relatório da IDC não é muito diferente, embora mostre uma leve subida no market share da Apple no segmento de tablets (de 24,3% para 24,7%) e ponha a Amazon em terceiro lugar no ramo, em vez de quinto:

Relatório da IDC referente a vendas de tablets no quarto trimestre de 2016

No geral, as firmas afirmam que empresas como Lenovo e Huawei se beneficiaram por oferecerem tablets mais baratos, enquanto a estratégia da Apple de dar mais atenção à sua linha mais cara, dos iPads Pro, pode não ter sido a mais sensata. Segundo a IDC, apenas um iPad de cada dez vendidos é um Pro, um número abaixo do esperado — enquanto isso, o iPad mini e o Air 2 ainda dominam a fatia de tablets da Apple vendidos no mundo.

Não sabemos o que acontecerá daqui para frente, mas é bom que a Apple tenha uma boa carta na manga para reverter essa situação ou o mundo dos iPads ficará cada vez mais ameaçado.

iPads Pro de 9,7

iPads Pro de 9,7″ e 12,9″

de Apple

Preço à vista: a partir de R$ 4.499,10
Preço parcelado: em até 12x de R$ 416,58
Cores: cinza espacial, prateado, dourado ou ouro rosa
Capacidades: 32 GB, 128 GB ou 256GB
Lançamento: setembro de 2015 (12,9″) / março de 2016 (9,7″)

Botão - Comprar agora

[via 9to5Mac]

ver Mac Magazine
#ipad pro
#ipad
#eletrônicos
#amazon
#lenovo
#estatística
#tablet
#huawei
#fatia
#share