Edson Fachin herda a relatoria da Operação Lava Jato no STF

Photo of Edson Fachin herda a relatoria da Operação Lava Jato no STF
Facebook
VKontakte
share_fav

Categoria:

Justiça
Jornal GGN - Após a autorização de sua transferência para a 2ª Turma do Supremo Tribunal Federal (STF), o ministro Edson Fachin foi o sorteado para herdar a relatoria da Operação Lava Jato na última instância. O sorteio ocorreu entre os membros da Turma responsável pela Lava Jato, na manhã desta quinta-feira (02). Além de Fachin, concorriam para receber a relatoria os ministros Gilmar Mendes, Dias Toffoli, Celso de Mello e Ricardo Lewandowski.
A ida de Fachin foi confirmada pela presidente do STF, Cármen Lúcia, no Diário da Justiça desta quarta-feira (01). O ministro Edson Fachin chegou a se colocar à disposição do STF para a transferência para a Segunda Turma, na noite de terça (31). Pela manhã do dia seguinte, a ministra Cármen Lúcia marcou uma reunião informal com os demais ministros para costurar novamente o tema da relatoria da Lava Jato.
Foi quando consultou os demais ministros se os outros integrantes mais antigos tinham o interesse de migrar para a turma responsável por julgar a Operação Lava Jato. "Consultados os demais ministros da Primeira Turma, conforme critério de antiguidade, estes declinaram da transferência, razão pela qual defiro o pedido do ministro Edson Fachin, nos termos do artigo 13, inciso X, e 19 do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal", informou Cármen no Diário de Justiça.

leia mais

ver Blog do Luis Nassif
#luis nassif online
#relatoria
#fachin