Para diretor de 'Aquarius', cidades se afastam das pessoas quando entregues ao mercado

Facebook
VKontakte
share_fav

Categoria:

Crise

À direita, o espigão de 40 andares no centro histórico do Recife desperta a raiva do cineasta

da Rede Brasil Atual

Para diretor de 'Aquarius', cidades se afastam das pessoas quando entregues ao mercado

"Meus filmes no Recife vieram de observações muito pessoais minhas", disse Kleber Mendonça Filho durante debate em São Paulo sobre a relação da arte com os conflitos sociais
por Luciano Velleda

São Paulo – O cineasta Kleber Mendonça Filho não poupa palavras para dizer o quanto tem “raiva” de dois prédios gêmeos de quarenta andares, erguidos “como verrugas gigantes na testa” bem no centro histórico do Recife, de frente para o mar e ao lado do antigo bairro construído pelos imigrantes holandeses.

“São dois prédios que não têm nada a ver com a região e deram início em mim a uma relação raivosa, há leis que impediriam a construção desses prédios. A expressão artística passa também pela raiva e, no meu caso, por uma libertação de energia que me faz sentir bem”, afirmou o diretor do aclamado longa-metragem Aquarius, durante debate na quinta-feira (26) sobre o papel da arte diante dos conflitos sociais presentes nas grandes cidades contemporâneas.

leia mais

ver Blog do Luis Nassif
#luis nassif online
#recife
#avanço sobre cultura
#bairros históricos
#centro velho do recife
#história vendida