Nós, Daniel Blake – Cocos matam mais que tubarões, por Paulo Endo

Facebook
VKontakte
share_fav

Categoria:

Artigos

Foto: Divulgação

no Psicanalistas pela Democracia

por Paulo Endo
Último ganhador da palma de ouro em Cannes, o filme de Ken Loach estreou nos cinemas de São Paulo. O filme revela não apenas a trajetória excepcional desse artista e diretor britânico com 80 anos de idade, cuja coerência artística e qualidade investigativa sem par na cinematografia atual são amplamente reconhecidas, mas os efeitos de suas obras que operam tal como nos ótimos romances históricos, nos quais literatura e pesquisa documental se articulam para interpretar e reatar trânsitos subjetivos e evidências consagradas pela pesquisa historiográfica.

Os filmes de Loach executam a uma só vez os detalhes infinitesimais das políticas de dominação a partir da evidência e do óbvio, a princípio visíveis a olhos nus, para alcançar o invisível.

leia mais

ver Blog do Luis Nassif
#luis nassif online
#área do colunista
#humanidade
#solidariedade
#ser humano
#empatia