Prefeitura de Salvador faz vídeo educativo sobre transgeneridade

Photo of Prefeitura de Salvador faz vídeo educativo sobre transgeneridade
Facebook
VKontakte
share_fav

“Muita gente pergunta se o estagiário da prefeitura é homem ou mulher”, conta o narrador de um vídeo da Prefeitura de Salvador. “Pois é. Hoje eu estou aqui para me apresentar e para dizer que eu sou um homem trans”.

O conteúdo do post em questão é ilustrado e bastante educativo, e foi divulgado nesta sexta (27), dois dias antes do Dia Nacional da Visibilidade Trans, 29 de janeiro.

“Quando eu nasci, me disseram que eu era menina”, conta o estagiário mais adiante. “A questão é que eu não me identificava com o universo feminino, e por conta disso me boicotei por muitos anos, silenciando a minha vivência. Isso não foi legal, e me fez sofrer muito“.

Além da história dele, o vídeo mostra também dados importantes para se entender a realidade de quem é trans: 90% das travestis e trans se prostituem e 85% dos homens trans já pensaram em suicídio.

“Hoje sou um homem realizado e, além de estagiário de jornalismo, atuo como pesquisador na área de gênero e diversidade e sou militante da causa LGBT”, conta o narrador. “Precisamos nos comprometer a fazer a diferença. Respeito não é favor, é direito“.

screen-shot-2017-01-27-at-1-09-13-pm

(Reprodução/@prefeituradesalvador)

ver M de Mulher
#transgênero