Ceni valoriza conquista na Flórida, mas lamenta seca de gols do São Paulo

Facebook
VKontakte
share_fav
Rogério Ceni promete aprimorar finalizações dos jogadores do São Paulo (Foto: Rubens Chiri/SPFC)

Rogério Ceni promete aprimorar finalizações dos jogadores do São Paulo (Foto: Rubens Chiri/SPFC)

O técnico do São Paulo, Rogério Ceni, valorizou o título da Copa Flórida, conquistado na noite de sábado após vitória sobre o Corinthians nos pênaltis. Apesar do caráter amistoso da competição, o ex-goleiro prevê um ganho de confiança para seu elenco.

“Claro que não é um Campeonato Brasileiro, nem um Paulista, essa Copa Flórida vem ganhando corpo, destaque nos anos. Equipes brasileiras, europeias vindo para cá, qualidade dos campos muito bons. É um torneio que pode ganhar força com o passar dos anos”, afirmou o treinador, em coletiva de imprensa concedida após o Majestoso.

“A confiança é o mais importante. A confiança para iniciar um trabalho, que assim fica mais feliz. Hoje creio que estão todos felizes, e para isso é importante estar ganhando sempre. Sempre olhando para a vitória”, acrescentou.

Na entrevista, Rogério Ceni fez questão de exaltar a relação entre comissão técnica e elenco. O São Paulo foi o primeiro clube entre os quatro grandes da capital a se reapresentar. Desde o dia 4 de janeiro, os jogadores vêm se adaptando ao estilo do novo técnico, que se preocupa em propiciar um bom ambiente para elevar a motivação de seus atletas.

“Que eles (os jogadores) me vejam não como comandante, mas como parceiro. Acho que isso foi o principal motivo de tanta dedicação deles aqui. Não tive qualquer caso de desentendimento, de relacionamento. Fico feliz de vê-los todos alegres, é motivo de orgulho e felicidade para mim”, comemorou.

Como todo início de trabalho, contudo, há problemas a serem solucionados pelo treinador. Se a defesa e o setor de criação deram mostras de qualidade durante a Copa Flórida, o mesmo não pode ser dito do ataque. Os atacantes são-paulinos pecaram nas finalizações e o time deixará os Estados Unidos sem ter marcado um gol sequer, já que empatou sem gols tanto com o River Plate (ARG) quanto contra o Corinthians, precisando da estrela de Sidão para ficar com a taça.

Contra os argentinos, foram pelo menos oito oportunidades claras. Por isso, Ceni promete realizar treinos específicos na volta ao Brasil para corrigir a pontaria de seus jogadores. “O ataque criou muito. Faltou fazer. O Buffarini chutou uma bola na trave. Fico contente com as chances criadas, mas vamos trabalhar bastante finalização. É algo muito particular, tentar fazer com eles criem a confiança”, apontou.

Diante do Corinthians, os são-paulinos não tiveram tantas chances, mas também não sofreram pressão do adversário, que, na visão de Rogério, tinha mais entrosamento. “A gente criou muitas chances, lamentamos sair daqui sem fazer gol. Mas hoje saio feliz por termos enfrentado um time que tem um elenco há mais tempo trabalhando”, concluiu.

O post Ceni valoriza conquista na Flórida, mas lamenta seca de gols do São Paulo apareceu primeiro em Gazeta Esportiva.

ver Gazeta Esportiva - Futebol internacional
#ceni
#flórida