Morte de Teori adia anúncio de acordo de renegociação com estado do Rio

Photo of Morte de Teori adia anúncio de acordo de renegociação com estado do Rio
Facebook
VKontakte
share_fav

Em entrevista a jornalistas durante o Fórum Econômico Mundial, Meirelles disse que o governo federal está aberto a discutir medidas de ajuste com qualquer estado em dificuldade financeira Agência Lusa/EPA/Laurent Gillieron

A morte do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Teori Zavascki adiou em três dias o anúncio do acordo de ajuda do governo federal ao estado do Rio de Janeiro. Em nota, o Ministério da Fazenda informou que o encontro entre o presidente Michel Temer, o ministro Henrique Meirelles e o governador do Rio, Luiz Fernando Pezão, que resultaria no anúncio, foi adiado da segunda (23) para a quinta-feira (26), às 15h.

De acordo com a Fazenda, o adiamento ocorreu porque o governo federal precisa repassar ao STF a formatação jurídica do acordo. No início da semana, ao participar do Fórum Econômico Mundial em Davos (Suíça), Meirelles tinha dito que o acordo seria anunciado na segunda-feira (23).

O ministro da Fazenda tinha antecipado para ontem (19) o retorno a Brasília para participar das negociações para a conclusão do acordo das medidas de ajuste fiscal no Rio. Por causa da queda do preço do petróleo e da crise econômica, que diminuíram as receitas do estado, o governo fluminense vem tendo dificuldades para pagar fornecedores e tem atrasado salários de servidores públicos.

Em entrevista a jornalistas durante o Fórum Econômico Mundial, Meirelles disse que o governo federal está aberto a discutir medidas de ajuste com qualquer estado em dificuldade financeira, mas deu a entender que poucos estados precisem recorrer a essas renegociações.

ver Agência Brasil
#estado do rio de janeiro
#acordo de renegociação