O que esconde Casey Affleck e por que ele pode tirar o Oscar de Ryan Gosling

Photo of O que esconde Casey Affleck e por que ele pode tirar o Oscar de Ryan Gosling
Facebook
VKontakte
share_fav

Estamos em Nova York, em um bar portuário ao lado da ponte do Brooklyn. Lá fora, chove torrencialmente; e, aqui dentro, está Casey Affleck (Falmouth, Massachussets, 1975), que tem sido recebido uma chuva de prêmios. Nesta semana, ele ganhou o Globo de Ouro de melhor ator por Manchester à Beira-Mar (que estreia no Brasil na quinta-feira, 19) e é o favorito ao Oscar, que será entregue em 26 de fevereiro (antes de Ryan Gosling, La la land). Chegou a hora, portanto, de tirar o rótulo de "o irmão de Ben Affleck" que ele recebeu do grande público, ou até mesmo o de "companheiro de baladas de Joaquin Phoenix", a quem dirigiu no falso documentário I'm still here (2010). Em termos de qualidade, sua carreira já tem credibilidade há muito tempo. Mas, desde sua estreia em Um sonho sem limite (Gus Van Sant, 1995), seus filmes sempre foram do circuito alternativo.

ver El País
#ben affleck
#cinema dos estados unidos
#indústria cinematográfica