Academia brasileira perde Edgar De Decca e Mariza Corrêa

Facebook
VKontakte
share_fav

Categoria:

História
Intelectuais são autores de obras no campo da história da República, história contemporânea, gênero e relações raciais
Jornal GGN - No mesmo dia, 27 de dezembro, o país perdeu dois importantes acadêmicos: Edgar Salvadori de Decca e Mariza Corrêa, ambos do Instituto de Filosofia e Ciências Humanas (IFCH) da Unicamp.
Em nota oficial, a reitoria da instituição lamentou a perda fazendo um breve resumo da importância dos professores na produção de conhecimento. Salvadori de Decca é considerado um dos intelectuais mais importantes do país, desenvolvendo trabalhos em historiografia, história moderna e contemporânea e história do Brasil República. Ele é autor de "1930 - O Silêncio dos Vencidos", livro publicado em 1981 ressaltando o olhar do movimento sindical dos anos 30. De Decca sempre teve como proposta em seus trabalhos dar voz aos vencidos da história.
Já a professora Mariza Corrêa atuou por mais de 30 anos na Unicamp, desenvolvendo pesquisas na área de antropologia e feminismo. Ela foi uma das fundadoras do Núcleo de Estudos de Gênero Pagu, criado em 1993 e é autora de estudos pioneiros nas áreas de violência, família, gênero, relações raciais, interseccionalidades e intersexos.
Veja à seguir a nota da Unicamp

leia mais

ver Blog do Luis Nassif
#luis nassif online
#história
#feminismo
#filosofia
#gênero
#unicamp