MacBook Pro salva homem em tiroteio no aeroporto de Fort Lauderdale, na Flórida

Photo of MacBook Pro salva homem em tiroteio no aeroporto de Fort Lauderdale, na Flórida
Facebook
VKontakte
share_fav
MacBook Pro atingido por uma bala

Nesta semana, um atirador abriu fogo no Aeroporto Internacional Fort Lauderdale–Hollywood, na Flórida, matando cinco pessoas e deixando outras oito feridas — conforme informou a CNN.

Esteban Santiago (26 anos, nativo do Alasca — e que aparentemente tinha uma credencial militar), tirou uma arma da sua bagagem despachada e abriu fogo contra pessoas inocentes que pegavam as suas bagagens em uma das muitas esteiras do aeroporto. Uma dessas pessoas era Steve Frappier, que tinha acabado de desembarcar com a sua mochila nas costas. Ao perceber os disparos, se jogou no chão para tentar se proteger.

Enquanto estava no chão, ele sentiu algo bater nas suas costas, mas pensou que fosse alguma bagagem caindo da esteira ou algo do tipo. Só depois, quando tudo estava terminado e ele foi ao banheiro ver se tudo estava em ordem, percebeu a sorte que teve: Frappier foi atingido por uma bala, mas a sua mochila (mais especificamente o MacBook Pro) serviu como escudo.

MacBook Pro atingido por uma bala

Ele então entregou a mochila ao FBI como parte da investigação. O bureau concluiu que a bala de 9mm encontrada dentro da mochila (graças ao impacto que sofreu do MacBook Pro) saiu da arma de Santiago.

De acordo com Frappier, ele rapidamente colocou o MacBook Pro dentro da mochila antes de sair de seu avião, deixando (sem querer) a tampa ligeiramente aberta. O FBI acredita que a bala primeiro acertou a tela; depois o corpo de alumínio do MBP e a bateria, finalmente saindo por uma das saídas laterais de ar da máquina.

Vale notar que não foi um tiro a queima roupa; a bala foi ricocheteada e, só depois, foi em direção à mochila de Frappier. Ainda assim, podemos dizer que o MacBook Pro deve ter salvado a vida dele.

[via AppleInsider]

ver Mac Magazine
#macbook pro
#off-topic
#flórida
#bala
#atirador