Açougueira? Essas mulheres provam que não existe ‘trabalho de homem’

Photo of Açougueira? Essas mulheres provam que não existe ‘trabalho de homem’
Facebook
VKontakte
share_fav
Ensaio

Chris Crisman Ensaio “Trabalho de Mulher”, por Chris Crisman

Há cerca de um ano, uma conhecida do fotógrafo Chris Crisman resolveu abandonar o trabalho de webdesigner para investir na carreira de açougueira. Sim, foi isso mesmo que você leu. A mudança de planos surpreendeu de tal forma o fotógrafo que, em conversa com outros colegas, Chris passou a questionar profissões e empregos ditos “masculinos”, como o próprio caso da colega açougueira. Afinal, quantas mulheres não subvertem esse conceito e provam que gênero não tem nada a ver com mão de obra?

Pensando nisso, o fotógrafo partiu em busca de outros exemplos que quebram a lógica masculina dominante, com o ensaio “Trabalho de Mulher”. Como no caso de Heather Marold, a açougueira, Chris retratou outras mulheres com profissões predominantemente masculinas, como uma bombeira, uma pescadora de lagostas, uma fazendeira e criadora de porcos… Empregos que, normalmente, seriam imediatamente associados a homens – sem nenhuma explicação ou motivação científica por trás.

O objetivo de Chris é transformar esse tipo de exceção em regra, sem que as mulheres percam qualquer oportunidade de trabalho apenas por serem mulheres. “Eu cresci acreditando que poderia fazer o que quisesse, quando fosse mais velho. Quero passar uma mensagem similar aos meus filhos. Quero criá-los para que saibam que seus sonhos não têm limites, que eles têm o nosso apoio para fazer qualquer coisa”, disse o fotógrafo em entrevista ao Huffington Post.

Veja os retratos poderosos dessas mulheres na galeria abaixo:

ver Virgula
#profissão
#machismo
#gênero
#desigualdade
#estereótipo