Mais de 1.500 jihadistas que viajaram à Síria retornaram à UE

Photo of Mais de 1.500 jihadistas que viajaram à Síria retornaram à UE
Facebook
VKontakte
share_fav

O informe, elaborado por Kerchove, indica que, embora a maioria dos que retornaram “se distanciaria do conflito”, uma parte “seria enviada com missões específicas – e é a que gera maior preocupação”. Nesse trajeto até a Europa, alguns já estão na Turquia. Há outro contingente ligado ao Estado Islâmico (EI) estabelecido na Líbia “que pode tentar utilizar sua nacionalidade ou suas conexões familiares para retornar à Europa”. Para se financiarem, os terroristas recorrem em muitos casos ao mercado da droga, especialmente às anfetaminas.

ver El País
#conflito sunitas e xiitas
#terrorismo islâmico
#islã
#jihadismo
#grupos terroristas
#relações exteriores
#organizações internacionais
#atentados terroristas